Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Monday, 08 de August de 2011 - portalriomaina@live.com

Geral

Câmara de Criciúma lança Frente Parlamentar pela Prevenção e Contra as Drogas

Câmara de Criciúma lança Frente Parlamentar pela Prevenção e Contra as Drogas

Preocupados com o alastramento das drogas, seus reflexos negativos na saúde pública, estrutura familiar e segurança a Câmara de Criciúma lança no dia 12 de setembro a Frente Parlamentar Contra as Drogas. Aliada a frente uma grande campanha deverá ganhar as ruas e escolas da cidade.

Durante as últimas semanas os vereadores discutiram o assunto com Manoel Rozeng presidente do Conselho Municipal AntiDrogas (Comad) que pediu apoio ao Legislativo e destacou a necessidade de iniciativas do poder público em debater e trabalhar na prevenção do problema. Nesta semana durante reunião entre o membros do conselho, o presidente da Câmara de Criciúma Antônio Manoel (Toninho da Imbralit-PMDB), vereadora Tati Teixeira (PSDB) e agência de publicidade foram definidos os primeiros passos em torno da campanha.

Segundo a vereadora Tati, além do lançamento da Frente Parlamentar, um gibi está sendo confeccionado e será distribuído pelo conselho durante palestras com crianças e nas escolas. “Temos o gibi lá guardado, mas não tínhamos como custeá-lo e precisamos levar a mensagem desde cedo às crianças e o apoio da Câmara será fundamental”, avalia o presidente do Comad, Manoel Rozeng.

Posteriormente uma marcha será feita no dia 1º de outubro, Dia Municipal de Combate às Drogas, chamando a sociedade às ruas num grande manifesto contra o uso do entorpecente. “Fazem marcha a favor da liberação de determinadas drogas e nós iremos as ruas justamente pelo contrário para dizer que nossas famílias estão sendo destruídas, que a insegurança em nosso município está ligado ao tráfico, ao consumo, que mães choram a perda dos filhos para os entorpecentes e filhos a perda das mães e pais para o tráfico.Muito se usa a Tribuna da Câmara para falar sobre o problema, mas está na hora de descruzarmos os braços e fazermos algo”, afirma Toninho garantindo ainda que o movimento é suprapartidário, envolvendo ainda Executivo, universidade, empresários e a sociedade em geral. Os vereadores também irão procurar junto ao Ministério Público e Judiciário promover discussões sobre legislação voltada ao assunto e formas de auxiliar no combate ao problema.

Dando início a discussão e buscando sugestões em torno do tema no dia 15 de agosto será realizado, no Plenário da Câmara de Criciúma, uma audiência pública em parceria com o Fórum Parlamentar de Prevenção e Combate às drogas da Assembléia Legislativa. 

Texto: Daniela Niero

GALERIA DE FOTOS